Qualquer empresa, seja de caráter empresarial, privada, pública ou social, procura as melhores formas de se tornar eficiente e reduzir desperdícios. Todas querem tornar-se mais competitivas e com melhores resultados, sendo o Lean Management uma forma de o conseguir.

Para esta transformação é crucial identificar todas as ineficiências ou problemas e colocá-los no hemisfério do valor acrescentado.

Este sistema capitalizado e otimizado vai ter um forte e positivo contributo na organização ao nível da inovação, dos processos, da tecnologia e da ação comportamental dos stakeholders, nomeadamente internos.

O que é o Lean Management?

Numa primeira fase, o conceito surgiu nos sistemas de produção e fabricação, sendo a Ford e a Toyota os exemplos mais sonantes.

Na fórmula originária, e com esta abordagem, a produção aumentou e economizou-se dinheiro. O princípio básico era interromper imediatamente a produção sempre que um problema fosse detetado, ou seja, conseguiu-se eliminar a perda de tempo, reduzir o número de produtos com defeito e manter o fluxo contínuo de produção.

Mais tarde, em 1990, James Womack, Daniel Jones e Daniel Roos, no livro “The Machine That Changed the World” (traduzido, A Máquina que Mudou o Mundo) complementam o Lean Management e tornam-no abrangente a outras áreas.

As principais descobertas evidenciaram que o lean manufacturing (sistema de produção enxuta) produziu melhores resultados que a fabricação tradicional em massa. Esta filosofia de gestão procurou reduzir os desperdícios no processo produtivo e, por conseguinte, aumentar a produtividade e a qualidade. Tudo isto propiciou melhores resultados, maior competitividade e maiores retornos.

O conceito e princípios generalizaram-se na mesma medida que o conceito de organização. A otimização de tarefas e excelência promovem vantagens competitivas para o negócio.

Benefícios desta Filosofia

A filosofia Lean acaba por se tornar uma ferramenta de inovação e uma força transformadora focada na melhoria da qualidade e da rapidez de processos com base na implementação do Lean Thinking (pensamento).

De acordo com Sousa (2020, apud Bertagnolli, 2018) esta metodologia foca-se, sobretudo, no cliente como epicentro de toda a operação; no conceito de valor; na eliminação do desperdício em todas as áreas da cadeia de valor; na melhoria contínua (Kaizen) nos processos, produtos, propósitos e pessoas; e em colocar as pessoas no centro de todas as atividades e processos.

Deste modo, as atenções voltam-se para a qualidade, que não é mais que o desenvolvimento de atividades com a excelência em vista.

Facilmente se compreende que produtividade e eficiência são otimizados e, com a anulação dos desperdícios, os lucros aumentam.

Não menos importante é a otimização do tempo que tem impactos diretos nos objetivos e nos resultados. Quanto menor o tempo despendido, melhor o desempenho.

Lean Management - Princípios

6 Princípios do Lean Management

O Lean traz benefícios inegáveis que resultam numa organização mais eficiente, ágil, competitiva e capaz de atender às necessidades de mercado.

É com este princípio de atuação que é possível:

1- Identificar e reduzir desperdícios para aumentar a eficiência e eliminar atividades que não agregam valor.

2-  Reduzir inventário e necessidades de espaço, otimizando o fluxo de materiais e minimizando a retenção de stock.

3- Potenciar a existência de sistemas de produção robustos, que sejam capazes de lidar com variações e garantir a estabilidade dos processos.

4- Criar um sistema de abastecimento adequado, tanto interno como externo, para garantir uma cadeia de abastecimento eficiente e sem interrupções.

5- Melhorar os layouts e aumentar a flexibilidade dos processos para otimizar o fluxo de trabalho e permitir adaptações rápidas às mudanças.

6-  Elevar a satisfação dos clientes através da melhoria contínua da qualidade, redução dos tempos de resposta e atendimento às necessidades do cliente de forma eficiente.

Lean Management

Grandes mudanças, melhores resultados!

Nos últimos anos, todas as empresas têm passado por mudanças importantes relacionadas ao crescimento das ofertas digitais. Agora, mais do que nunca, é imprescindível acompanhar este passo acelerado e transformar os modelos de atuação, através dos princípios do Lean Management.

É uma tarefa complexa, que é facilitada com a ajuda e análise de especialistas, porque envolve grandes mudanças e a consideração de múltiplos fatores.

Paulatinamente, é o caminho para uma filosofia de gestão mais eficiente, eficaz e com melhores ganhos, assente na melhoria contínua.

Todos os fatores acima explorados trazem benefícios quer para a qualidade dos recursos humanos e físicos; e para o processo onde a energia é direcionada para atividades que geram valor real para duas partes interessadas: organização e clientes.

Fonte: Forbes

Partilhar